Sith Lord – Red Ale fucking extra hopped

Dia folks!

Dia 29/12 fizemos a nossa segunda léva de cerva e dessa vez escolhemos fazer uma Red Ale que foi algo +- assim:

3kg malte pilsen
500gr malte carahell
300gr malte vienna
30gr lupulo Columbus (60 minutos)
30gr lupulo Cascade (15g aos 15 e aos 5 minutos antes do final da fervura)
1gr whirlfloc (15 minutos)
Fermento US-05

14 litros de água para a brassagem e 20 litros para a lavagem

Parada protéica à 54° por 30 minutos
Sacarificação à 68° por 45 minutos
Inativação enzimática à 76° por 10 minutos

Densidades esperadas:
OG 1,057
FG 1,015
(não lembros as densidades que conseguimos mas de acordo com os meus cálculos gerou 4% de teor alcoólico)

Ao término da fermentação, envasei uma garrafa de long neck com primming (açucar refinado adicinado diretamente na garrafa) calculado no mais puro achômetro e por mais incrível que pareça a garrafa não explodiu e após 1 semana já havia formado uma bela espuma, aroma incrível e estava amarga pra CARALHO! (do jeito que queríamos)

Nesse meio tempo já fazia uma semana que a cerva estava próxima de 0° e prosseguimos com o primming (dessa vez a quantidade de açucar foi calculado corretamente com o uso de uma balança hehehe) adicionando-o dentro do fermentador.

Esse foi o resultado dessa experiência maluca:

1 semana de maturação

3 semanas de maturação

 

Skywalker (Pilsner) – A odisséia

Noite fellas!

A +- 1 mês atras fizemos a Skywalker e vou falar uma coisa para vocês… deu um PUTA trampo fazê-la sem itens apropriados. Acreditamos que a nossa próxima leva fique mais fácil realizar especialmente a filtragem com a utilização do kit que compramos.

Mas enfim… tudo começou por volta as 17:00 do sábado e a melhor idéia do dia foi ter comprado bastante hidratante (foto abaixo) para que ninguém ficasse desidratado enquanto mexíamos o malte. (essa desculpa é pior do que falar que vai pescar só pra tomar uma cachaça! hahaha)

Só depois que a choppeira foi instalada, o CO2 devidamente regulado para não sair apenas espuma e colocado fogo na churrasqueira (vc achou msm que não ia rolar um churras? haehuahei) que começamos a colocar a mão no malte!

Ahhh… e claro que uma gambiarra não poderia faltar né! Olha o jeito que amarramos o termômetro na panela:

Infelizmente não tiramos fotos do nosso super processo 100% efetivo de filtragem, mas deu um PUTA trampo! hahaha

Algumas imagens do resto do processo:

Leiteira fervendo o mostro a milhão

Mostro fervendo

Resfriando o mostro

Depois de +- 1 semana e meia fermentando… olha que coisa linda essa breja caldo de cana! hahaha

Caldo de cana! hahaha

Acho que fizemos algo errado! Acho que ficou sedimento d+ dentro do fermentador:

No total (sem puxar esse sedimento maluco da img de cima) a breja rendeu 25 garrafas de 600ml:

obs: o Renatão tá até hoje me xingando por ter usado tanto cloro para limpar as garrafas! O cara só ficou até umas 22:00 da noite passando água quente nas garrafas pra tirar o cheiro maravilhoso de cloro e detalhe… 01:00 ele teria que voltar para a IBM! hahaha

Bom… após 1 semana na geladeira mantendo a temperatura entre 0 e 2 graus e 1 semana em temperatura ambiente… a Skywalker ficou assim…

Que coisa linda! :D

Ainda falta um pouco de gás, mas já está formando uma espuminha respeitável! 🙂

Segundo o Renato, beber no copo da Norteña deixa a Skywalker mais gostosa! hahaha

Putacopariu… que post longo! hahaha

Daqui alguns dias postarei mais 9dades sobre a breja e também sobre a nossa nova léva… Será que um Sith Lord (Irish Red Ale) ficaria massa? hauehaieuaehiuae

 

Muito obrigado pelas dicas e pela ajuda pessoal da comunidade Cerveja Artesanal do Orkut.

 

Abaixo mais algumas fotos da galera…

Ana e Almendra

 

Janine e Renato

Mayra e Guma

 

Vd0 e Ju

 

É nóis que voa bruxão! haehiuhae